Teclado Braille: Você com certeza não precisa disso

Imagem mostrando duas mãos sobre um teclado simples, que tenta ilustrar que é desnecessário usar um teclado Braille.

A maior parte de quem não têm contato com pessoas cegas ou com baixa visão, acredita que esse público precisa necessariamente usar um computador com teclado Braille para conseguir trabalhar ou estudar, mas na realidade a coisa não funciona bem dessa maneira.
Na verdade, esse tipo de teclado existe , mas a maioria das pessoas com deficiência visual aprende a usar o computador usando um teclado comum e não faz qualquer diferença as teclas estarem escritas em Braille ou não, por que não são elas que garantem a precisão do usuário.
Por incrível que pareça, em alguns casos, os teclados em Braille podem até mesmo atrapalhar o usuário com deficiência visual, em vez de ajudar essa pessoa a usar o computador com mais conforto e qualidade.
Isso não quer dizer que o Braille não seja importante para a pessoa cega, pois até o momento, mesmo após mais de 200 anos, o sistema representa a melhor tecnologia para a alfabetização de crianças cegas em todo o mundo.
Entretanto, existem alguns motivos importantes para desaconselhar o uso  dos teclados em Braille nos computadores de pessoas com deficiência visual, sejam elas cegas ou com baixa visão.

 

 

Conheça 7 motivos para não usar um teclado Braille no computador

 

  1. Para adquirir velocidade na digitação, é necessário que os dedos estejam posicionados corretamente sobre o teclado, mas para identificar os símbolos em Braille,, a maior parte das pessoas cegas ou com baixa visão só consegue ler com alguns dedos. isso faz com que a pessoa precise ficar tateando o teclado para identificar as posições das letras, o que diminui drasticamente a agilidade e pode criar vícios na digitação.
  2. Os vícios criados pela necessidade de tatear o teclado para identificar a posição dos caracteres em Braille dificultam que a pessoa adquira uma postura de digitação saudável e adequada, mas ao longo do tempo esses vícios podem causar doenças relacionadas à esforço repetitivo, como tendinite ou desgaste nos ligamentos das mãos.
  3. Os teclados em Braille não são facilmente encontrados para comprar no varejo e por isso não estão disponíveis em lojas de informática, papelarias ou ou lojas de departamentos, de forma que se um desses dispositivos for danificado,  o usuário ficará impedido de usar o computador por vários dias, até que o equipamento possa ser substituído.
  4. Além da indisponibilidade para comprar no varejo, os preços desses teclados são muito superiores aos preços de teclados do mesmo tipo sem adaptação, chegando a custar mais de seis vezes o valor de um produto comum, disponível na esquina da casa do usuário.
  5. A maioria das empresas não têm esses teclados Braille e mesmo que o valor do produto não seja um problema para a empresa, todos nós sabemos que qualquer equipamento a mais para comprar representa um obstáculo no processo de contratação de uma pessoa com deficiência visual.
  6. A maioria das instituições de ensino e instituições de reabilitação ensinam os alunos com deficiência visual a digitar em teclados comuns para garantir que a pessoa tenha maior domínio do teclado e não dependa exclusivamente de um teclado Braille para realizar suas tarefas diárias no computador.
  7. Os softwares leitores de telas repetem automaticamente todas as teclas digitadas no teclado, mas conforme a pessoa com deficiência vai adquirindo segurança e habilidade, esse recurso nem faz tanta diferença e várias pessoas cegas até desativam esse recurso para facilitar o trabalho.

 

E você também achava que as pessoas cegas usavam teclado Braille para conseguir digitar no computador? deixe nos comentários como você imaginava que era a digitação e compartilhe com os seus amigos que estão procurando teclados em Braille para comprar.

O Canal Inclunet no Youtube tem uma playlist só sobre Educação inclusiva, aproveite para aprender um pouco mais no nosso canal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *