Facebook libera descrição automática de imagens no Brasil.

Os usuários Brasileiros dos dispositivos Móveis com sistema operacional IOS da Apple, já podem desfrutar do novo recurso de descrição automática de imagens no Facebook.

O recurso descreve parte do conteúdo de uma foto postada na rede social, dando uma ideia geral de qual sena está sendo apresentada, o que ajuda pessoas com deficiência visual a entender o conteúdo das fotos postadas na rede social.

A nova funcionalidade pode informar ao usuário quantas pessoas há em uma foto, se o ambiente é interno ou externo e se as pessoas estão sorrindo, só para citar alguns exemplos.

Por enquanto a informação sobre as imagens está em inglês, mas quem não tem barreiras de idioma já pode ir aproveitando o novo serviço.

Facebook testa descrição de imagens para leitor de tela

Durante estas últimas duas semanas estamos acompanhando uma profusão de novidades tecnológicas vindas de algumas empresas de tecnologia norte-americanas, que estão prometendo beneficiar e muito às pessoas com deficiência visual.

Segundo uma matéria divulgada esta terça-feira no site do Olhar Digital, Usuários com deficiência visual do Facebook em inglês já estão testando uma tecnologia baseada em inteligência artificial, que descreve aproximadamente o conteúdo das imagens publicadas na rede social.

Com aproximadamente 300 milhões de pessoas cegas ou com dificuldades para enxergar utilizando a rede diariamente, a iniciativa demonstra respeito pelas pessoas com deficiência visual e oferecem um pouco mais de autonomia para este público, que passa a poder “ver” as fotos como informação útil.

Segundo o Olhar digital, a tecnologia é chamada de “automática alternativa texto”, e reconhece pontos específicos nas fotos, gerando uma descrição aproximada do conteúdo da imagem, que pode ser falada posteriormente através de um software leitor de tela, que normalmente é usado por pessoas com deficiência visual para acessar, entre outras coisas, o feed de notícias.

Até então, quando a pessoa com deficiência rolava o feed e encontrava uma foto, o usuário só ouvia o nome da pessoa que fez o post seguido pela palavra “foto”. Agora há uma descrição mais rica e é possível ouvir coisas como “a imagem pode conter três pessoas, sorrindo, em ambiente externo”.

Num primeiro momento, apenas quem usa o Facebook no iOS em inglês terá acesso à novidade, mas a empresa promete expansões para outros idiomas.

Aplicativo de transporte público Moovit agora é acessível

O aplicativo de transporte público Moovit ficou bastante acessível depois da última atualização.

A pouco tempo atrás, publiquei no blog esta postagem, que fala que os aplicativos de transporte público podem, mas ainda não ajudam às pessoas com deficiência visual e citei vários pontos em que eles estão falhando.

Na ocasião entramos em contato com as empresas que desenvolvem os aplicativos e ambas prometeram que pelo menos pensariam em como melhorar a experiência deste público com seus aplicativos.

A Moovit foi a primeira a tomar uma atitude real neste sentido e seu aplicativo já está acessível, contando com planejador de viagens, avisos quando o usuário está perto do ponto onde vai descer e uma infinidade de outras informações que facilitam e muito a vida do usuário de transporte público.

Por enquanto a acessibilidade total do APP funciona apenas em dispositivos IOS, mas a ideia da empresa é que em breve seja expandida também para os dispositivos com Android.

APPS de transporte público podem, mas ainda não ajudam pessoas com deficiência visual.

Esta semana testamos dois aplicativos que servem para auxiliar as pessoas à usar o transporte público com mais eficiência e segurança , evitando perca de tempo e permitindo que o usuário possa planejar seu itinerário antes de sair de casa.

Em cidades como São Paulo por exemplo, onde temos várias opções de transporte para chegar à um mesmo destino, estes APPS podem vir a ser grandes aliados para quem depende de transporte público e deseja chegar no horário.

Para quem tem algum tipo de deficiência visual, estes aplicativos tem muita utilidade em potencial, já que eles podem informar coisas muito valiosas, como por exemplo: Quando vai chegar o próximo ônibus, quanto tempo vamos demorar para chegar ao destino, quantas estações ou pontos falta para chegar na nossa próxima parada, avisar sob obstruções no nosso meio de transporte habitual, quais são as baldeações no nosso trajeto, quais as opções de transporte e muito mais!

O potencial é muito grande, mas neste momento isto é quase uma utopia para quem se aventurar no uso destes aplicativos.

A boa notícia é que o Blog Inclunet entrou em contato com os desenvolvedores do Moovit e do Trafi. As duas empresas já estão pensando em acessibilidade em seus aplicativos, sendo que a Trafi pediu sugestões de acessibilidade, perguntando o que eles podem melhorar e a Moovit falou que eles estão estudando formas de integração com o Talkback e Voiceover, mas que por enquanto estão em fase de estudo.

Nem uma das empresas deu previsão de melhoria do aplicativo até o momento da postagem, mas assim que algo mudar nestes aplicativos, faremos uma nova postagem avisando.